Aguadeiras em Vila Real


Os primeiros dados do abastecimento de água organizado a Vila Real remontam ao ano de 1905.

O sistema então utilizado era composto por diversos fontenários espalhados pela cidade, com origens próprias, sendo os principais e mais importantes os situados junto à Sé Catedral, hoje no Largo de Camões [ver imagem], o da Carreira Baixa frente ao [Restaurante]Espadeiro e o de S. Pedro junto às actuais escadas.

A distribuição de água à população mais abastada era assegurada diariamente por aguadeiras que levavam aos clientes cântaros de um almude (30 litros) cobrando 120 Reis por mês. Se fossem dois cântaros diários a despesa era de 200 Reis.

Os consumos então previstos, por pessoa e por dia, eram de 7,5 litros, situação que se manteve até ao início dos anos 30. Nos últimos anos e devido à escassez de água, a mesma era recolhida à noite no período de estio, dando origem a grandes bichas discussões e mesmo disputas físicas normalmente só resolvidas pela polícia.

Imagem: Postal Ilustrado - Fototipia - cerca de 1912 - Reedição dos Serviços Municipais de Cultura - Vila Real - 1999
Texto: Site da
EMAR-VR

Em Vila Real, nos finais da década de 30, foi fundado um Grupo Folclórico denominado "Aguadeiras Transmontanas".

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...