Mensagens

Encontro com a varina

Imagem
Desenho de Annunciação - Gravura de Pedroso "Na varina , que seria toda prosa se não fora o ser a lindeza, cunho, graça original, e dota das da sua terra, e tanto que nem o seu trajar característico, pobre e grosseiro, lha encobre. Na varina enxergou o enamorado talento do nosso artista, através das nuvens, o seu sol. Pegou no lápis distraído, e lançou isso, sem o saber, para o papel. Para os outros? Para si? Para ninguém e sem nenhum fim. Desenhou por desenhar; desenhou como um poeta, vendo um objecto que o toca, murmura um verso que não descreve nem decora. O nosso gravador, que gostou do improviso, como o pintor provavelmente gostara da varina, reproduziu, e nós sem mais pretensões que eles ambos, vo-lo oferecemos nestas poucas e pobres linhas." In "Arquivo Pitoresco", nº38 – 1859 Sugestões: Varina de Lisboa - Trajo antigo (1898) As varinas de Lisboa vendem cantando pregões! Tipos portugueses: pescadores, varinas, campinos, devotos e ganhões

O Folclore e a Etnografia estiveram presentes nos festejos dos Centenários (1940)

Imagem
Aspecto da parte folclórica do cortejo, vendo-se à direita os Sargaceiros de Esposende. No Cortejo Histórico do Mundo Português "Revista dos Centenários" - nº19/20 - 1940 Um aspecto do Cortejo do Trabalho. no Porto "Revista dos Centenários" - nº21 - 1940 Outro aspecto do Cortejo do Trabalho Um aspecto da Feira "Revista dos Centenários" - nº22 - 1940 Um grupo de campinos no largo da feira Um aspecto da feira "Revista dos Centenários" - nº23 - 1940 Outro aspecto da feira Vendedeira de louça Sugestões: Camponesas de Sarnadas [de Ródão] - Beira Baixa (1904) “Portugal do ponto de vista agrícola” – título traduzido de um livro em francês, publicado em 1900 Varina de Lisboa - Trajo antigo (1898)

A Feira das Nozes em Arnelas no ano de 1914

Imagem
A venda das nozes em Arnelas "A Feira das Nozes em Arnelas é uma das mais pitorescas feiras do norte de Portugal. Arnelas fica a 12 quilómetros do Porto, na encantadora margem esquerda do Douro, em frente do Sousa. É um dos mais aprazíveis arredores do Porto. Todos os domingos para ali se foram constantes romarias, assumindo um característico aspecto regional as excursões, pic-nics , regatas, etc., que lá se realizam, tornando-se digna de registo a excursão dos barbeiros do Porto num dos últimos domingos de Setembro . Sobranceira ao Douro, destaca-se a capelinha de S. Mateus , a 10 minutos da praia, com a soleira gasta pelos pés dos devotos. São inúmeros os que lhe vão pagar ofertas no fim do ano, em dinheiro, em géneros, em cera, etc. E o cumprimento da promessa serve de excelente pretexto para um bom passeio e para uma merenda ainda melhor. Feita à pressa a devoção, espalham-se todos pelo areal caprichosamente em grupos, comem com devorador apetite os seus far

Visconde de Coruche, fotógrafo amador dos finais do séc. XIX e início do séc. XX

Imagem
Caetano da Silva Luz Visconde de Coruche Às cinco horas da manhã de 30 de Dezembro último [1904], faleceu o sr. Visconde de Coruche, Caetano da Silva Luz . Era um agrónomo distinto entre os mais distintos e um afeiçoado fotógrafo amador. Escritor e publicista, sobretudo em assuntos de agronomia, e caricaturista finíssimo. Temperamento cheio de aptidões e utilidades posto ao serviço de um carácter recto. Como fotógrafo amador, concorreu à Exposição Nacional de Fotografia realizada em Janeiro de 1900, na Sala Portugal da Sociedade de Geografia , e aí os seus trabalhos obtiveram a 2ª medalha. (...) À fotografia das cores também se dedicou com afinco e alguns dos seus trabalhos vimos feitos pelo processo Lumiére. Perdeu pois a fotografia Portuguesa um dos seus maiores afeiçoados. In " Boletim Fotográfico ", nº61 - Dezembro de 1905 Sugestões: Exposição de fotografias de Marques Abreu, no Ateneu Comercial do Porto (1914) Rancho de Estarreja atuou no Casino de Estor

Passagem do rio por barco em Entre-os-Rios

Imagem
Em Entre-os-Rios (Foto de Visconde de Coruche ) "Boletim Fotográfico", nº64 - Abril de 1905 Sugestões: As rendas de bilros em Peniche – rendilheiras a trabalhar! Os Borracheiros - costumes da ilha da Madeira (1896) Camponesas de Sarnadas [de Ródão] - Beira Baixa (1904)