«Pucarinhos» - O que são?

«De todos os artigos de uso doméstico… fabricam também exemplares em ponto pequeno, como brinquedos de crianças, e, finalmente, umas 50 espécies de peças que não excedem 1cm de altura e que reproduzem em miniatura as peças grandes ou mesmo outras que ao espírito do oleiro ocorre fabricar como curiosidade.

A técnica da fabricação desta olaria minúscula tem certos pormenores exigidos pelas dimensões reduzidas dos objectos.

Mas é ainda na mesma roda [de oleiro] que elas são executadas; simplesmente, uma pirâmide de barro de menos de um palmo de altura colada no tampo, rigorosamente verticalizada e mantida constantemente humedecida, fornece centenas de peças e dura para uma semana de trabalho aturado.

Com utensílios de madeira de vidoeiro proporcionados às dimensões das peças, ponteiros, fanadoiros, picadeiras, o oleiro vai fazendo sair do vértice da pirâmide de barro os diferentes objectos, maciços, naturalmente, mas de execução perfeita e de uma graciosidade de coisas pequenas, delicadíssima.

É a estes objectos que se dá o nome de pucarinhos, os quais, ligados em grupos de 5 ou 6 por um lacinho de seda, se vendem na feira de S. Pedro em Vila Real (feira dos pucarinhos), e constituem um presente galanteador dos rapazes às raparigas.» 

Alberto Candeias. A Indústria doméstica de louça preta de Bisalhães, in Revista Lusitana, XXIX (1931), 305-306

Mensagens populares deste blogue

Danças Populares e Tradicionais Portuguesas (1)

Mulher de Grijó | Tipos portugueses do Norte

Uma mulher dos arredores do Porto | Trajes

Casas Tradicionais Portuguesas - desenhos

Lavadeiras de Portugal