Quinta-feira da Ascensão - a apanha da espiga!

Quinta-feira da Ascensão - a apanha da espiga!

Neste dia em que a Igreja Católica celebra a Ascensão de Jesus Cristo, o povo, na sua ingénua crença, vai pelos campos recolher algumas espigas de trigo, que representam o pão de todo o ano.

Vêem-se ranchadas que, pelas sombras das árvores, correm e se divertem.

Por meio dos trigais maduros, aparecem vultos graciosos de mulheres, e toda essa colheita da espiga se faz com uma alegria intensa, no meio do maior entusiasmo.

Os comboios cheios de passageiros e parecem também alegres na luz do sol desse dia magnificente.

Nos arrabaldes houve enorme concorrência, pois nos campos via-se grande número de pessoas e todas as festas que se realizaram fora da cidade tiveram grande quantidade de forasteiros.

À noite, á volta, nas gares davam-se grandes patuscadas, cheias de pitoresco, nesse regresso às casas, ao trabalho, depois de um dia de folga e bem-estar.

Em quase todas as casas ficaram as espigas, que são como que um símbolo da felicidade que se vai buscar com elas a esses formosos campos, nesse lindo dia.

Fonte: "Ilustração Portugueza", nº 83. 5 de Junho de 1905 (texto editado e adaptado)

Diz um provérbio popular” Se chover na Quinta-feira da Ascensão, as pedrinhas darão pão.” Ler+

Sugestões:


Mensagens populares deste blogue

Lavadeiras de Portugal - mulheres extraordinárias

Vestuário das Terceirenses - Manto e Capote

Costumes Lisboetas - A Peixeira / Varina

Pregões de Lisboa - As leiteiras

O Traje das Vindimadeiras no Douro

Casas Tradicionais Portuguesas - desenhos

A Capucha da Serra do Caramulo

Danças Populares e Tradicionais Portuguesas (2)

Uma mulher dos arredores do Porto | Trajes

Campinos do Ribatejo